“O ambientador”

O nosso famoso – habitual – colaborador dá-nos mais um excerto dos vossos «amusements» preferidos:

São apenas necessários dois televisores, um bom rádio a electricidade normal, três rádios transistorizados, um par de galenas, dois gira-discos e sete gravadores.

1) Abrir as janelas que dão para o «centro», na hora de ponta.
2) Espancar o familiar mais próximo, com chicote de couro, arrastando este correntes pesadas e apertadíssimas.
3) Ligar, pela seguinte ordem:
o melhor televisor – 1º canal
o rádio eléctrico – no noticiário
o segundo televisor – na mira técnica
um dos rádios portáteis (A) na missa da Em. Católica
outro r. portátil (B) em música ligeira variada (Papetti, James Last, etc)
o restante rádio (C) sintonizando a Rádio Argel (Obs. – elevar antena).
Colocar as galenas.
Puxar o autoclismo.
Ligar ventoinhas, abanar leques, sacudir tapetes.
Ler de trás para diante «A pena d’oiro & eu» de Raul Rego.
Um dos gira-discos deve tocar a Internacional na rotação mais lenta, a nossa.
O outro deve abster-se.

por Rui Reininho

in Sifilis versus Bilitis, &etc, 1983.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s